E-commerce KPIs: quais são os indicadores ideais para o seu negócio?

O comércio digital traz muitos desafios. Um dos maiores, é saber se destacar em meio à competitividade, traçando objetivos que visam a melhoria do serviço ou produto prestado. Mas como realizar essa estratégia direcionada para o sucesso do seu negócio?

A utilização de indicadores-chaves, também conhecido como KPIs, é uma forma de analisar e acompanhar o desempenho do seu empreendimento de forma efetiva e singularizada. Confira as melhores práticas para elaborar e-commerce KPIs e as ferramentas para administrá-los!

O que são KPIs?

A sigla KPI vem do inglês key performance indicator, que em tradução livre, significa indicador-chave de performance. Esses indicadores-chaves são utilizados para medir e acompanhar uma ação, com o objetivo de compreender se a iniciativa está sendo efetiva, atendendo a proposta realizada.

Os KPIs são representados por números ou percentuais, podendo ser utilizados para medir inúmeros fatores de desempenho. Como, por exemplo, números de visitantes em um site, taxa de conversão, receita por compra realizada no site, entre muitos outros.

Apesar de todo KPI ser uma métrica, nem toda métrica se trata de um KPI.

Isso porque, uma métrica se trata de um número, um indicador de um fator já medido. Já o KPI é uma métrica que é relevante para o seu negócio, portanto, um indicador-chave.

As métricas escolhidas para e-commerce KPIs são aquelas que possuem importância na análise e acompanhamento de um objetivo em específico.

 

Como escolher e-commerce KPIs

A escolha dos KPIs para seu negócio depende de muitos fatores. Isso porque, os KPIs devem ser escolhidos de acordo com os objetivos traçados, levando em consideração o tipo de empreendimento trabalhado. Uma empresa que deseja aumentar a margem de lucro, por exemplo, tem propósitos diferentes daquela que pretende aumentar o número de visitas em um site.

Porém, a definição adequada de indicadores-chaves é vantajosa sendo feita com o foco em uma escolha de ações inteligentes focadas no seu plano de ação. Confira algumas dicas para te ajudar a definir seus e-commerce KPIs:

Defina primeiro seus objetivos

KPIs podem medir e acompanhar qualquer ação em um e-commerce. Porém, sem objetivos traçados, não há efetividade nas ações.

Analisar o desempenho do seu negócio é relevante, mas antes de começar a realizar a análise do seu empreendimento, é preciso definir seus objetivos.

Qual é o foco da ação? Quais são as prioridades do planejamento? A melhoria de atendimento ao público-alvo exige KPIs diferentes dos para que busca melhor a conversão de visitas para clientes, por exemplo.

Essa delimitação de objetivos torna a escolha dos KPIs mais otimizada e eficaz.

Negócios diferentes, KPIs distintos

Assim como objetivos diferentes pedem e-commerces KPIs específicos, cada tipo de negócio possui suas próprias necessidades. Além disso, o nicho do empreendimento também influencia diretamente na escolha dos objetivos e consequentemente, na dos indicadores-chaves.

Um e-commerce que deseja elevar o ticket médio de compras, por exemplo, vai investir em ações como frete grátis, descontos, entre outros. Uma vez que a estratégia está em desenvolvimento, poderá ser acompanhada pelo KPI de receita média por transição.

Concentre-se em grupos pequenos de KPI's

Menos é mais. Os KPIs ajudam a acompanhar e analisar ações realizadas em busca de melhorias específicas. Para isso, é importante dar espaço e focar em um número de ações pequenos para um melhor acompanhamento.

Os e-commerce KPIs têm caráter estratégicos, por isso devem refletir os objetivos de um negócio e serem utilizados na administração e tomada de decisões do mesmo.


5 bons e-commerce KPIs para se seguir

Embora não haja um passo-a-passo dos melhores KPIs a se seguir, existem algumas métricas comuns que podem te ajudar a otimizar o seu planejamento:

  1.       Taxa de conversão: o uso dessa métrica irá permitir analisar e gerenciar o desempenho a longo termo. O acompanhamento e divisão desse indicador pode ser feito através de cliques por anúncio ou produto, registros em uma newsletter, compras, pagamento efetivado, faturamento entre outros.
  1.       Valor de ticket médio: também conhecido como AOV (average order value), essa métrica é utilizada para acompanhar o desempenho de promoções e outras mudanças no valor, como oferecer um combo de um produto ou serviço.
  1.       Taxa de abandono de checkout: essa análise permite visualizar visitantes que apresentaram intenção de compra em seu site já em estágio avançado, mas por algum motivo, desistiram da aquisição. Dessa forma é possível traçar um plano de ação para melhorar o planejamento a curto prazo. Aqui cabe muito bem estratégias de recuperação de carrinho abandonado.
  1.       Visitantes frequentes: do inglês visitor loyalty, essa métrica mostra quantas vezes um mesmo visitante voltou a página e tomou alguma ação, ajudando a entender o comportamento dos clientes regulares.
  1.       Compras concluídas: o task completion rate irá te ajudar a compreender, da perspectiva dos clientes, os motivos exatos da conclusão de uma compra. Isso possibilita realizar melhorias de acordo com as preferências do seu público.

E-commerce KPIs não recomendadas para análise

Assim como existem boas práticas, algumas métricas que devem ser evitadas na hora de definir seus e-commerce KPIs por serem definidos em uma fase inicial de contato com o público. Sendo eles:

  •         Números de visitas em uma página
  •         E-mails enviados
  •         Número de seguidores nas redes sociais
  •         Tempo gasto pelo cliente em cada página
  •         Receita

Como acompanhar o desempenho de seus KPI's

Para que o acompanhamento e análise dos seus KPIs sejam feitos de forma eficaz, é também preciso contar com ferramentas que ajudem a usufruir ao máximo das métricas oferecidas para um planejamento otimizado. Entre elas, um grande amigo desse tipo de análise é o Google Analytics, essencial para o acompanhamento de e-commerce KPIs.

A ferramenta é tão completa, que possui até funcionalidades especificas para e-commerce, ajudando a monitorar métricas, entender o comportamento dos usuários, acompanhar o desenvolvimento e sucesso de ações e campanhas, entre outros.

O uso adequado dos e-commerce KPIs pode ocasionar uma melhoria significativa do seu negócio não apenas da visão empresarial (aumento do tráfego e margem de lucro), mas também beneficiar a experiência do público-alvo, fidelizando e garantindo um melhor atendimento para o seu cliente.  

 

6-erros-de-migração-de-plataforma-de-loja-virtual